Latim e Direito Constitucional

Patrícia,

Saúde!

A palavra mortem significa "morte", mas só pode ser usada gramaticalmente, quando for objeto direto. É o caso acusativo de mors.

Exemplos corretos de mortem são os seguintes:

 

a) morrer, finar-se, falecer: mortem obire;

b) dar a morte a alguem: mortem inferre ou offerre, dare aliquem ad mortem;

c) causar a morte: mortem facere;

 

Lìnguas cultas, como o alemão, seguem o latim e usam o acusativo como objeto direto. Guten Tag, Fräulein Weber. Guten Abend, Frau Müller. Ich will einen kleinen Spaziergang machen.

 

Estarei sempre às suas ordens.

Abraços.

Máriton

----------------------

 

----- Original Message -----

From: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.">'+addy_text70871+'<\/a>'; //-->

To: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.">'+addy_text82861+'<\/a>'; //-->

Sent: Monday, January 09, 2012 5:02 PM

Subject: Res: domus mortem

 

Professor,
Agradeço o email. E pergunto: qual a tradução correta para mortem?
Grata, P.

Enviado pelo meu aparelho BlackBerry® da Vivo


From: Máriton Silva Lima <This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.>

Date: Mon, 9 Jan 2012 16:58:02 -0200

To: <This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.>

Subject: domus mortem

 

Patrícia Kogut,

Saúde!

Sou leitor assíduo da sua coluna no Segundo Caderno de O Globo e vejo que está sempre bem informada.

Na edição de hoje, no setor Crítica, você se refere à série Domus mortem e esclarece aos leitores que a traduçao literal do latim é casa da morte.

Data venia, sou latinista, membro da Grex Latine Loquentium, e não posso concordar com a sua versão.

A palavra morte em latim se diz mors, cujo genitivo é mortis.

Assim, salvo melhor juízo, casa da morte em latim será Domus mortis e não Domus mortem.

Desculpe, se não a aplaudo neste momento.

Como você aconselha "visitar o sítio e pensar no assunto", sugiro que passe esta informação para a produtora Clube Filmes.

Acredito que o sítio www.domusmortem.com tenha sido elaborado por pessoas que desconhecem a língua de César, Cícero, Ovídio, Virgílio, Horácio e tantos outros.

Abraços.

Máriton

--------------------------

 

Direitos reservados: os textos podem ser reproduzidos, desde que citados o autor e a obra. ( Código Penal, art. 184 ; Lei 9610/98, art. 5º, VII e Norma Técnica NBR 6023, da ABNT ).