Latim e Direito Constitucional

Messalina, minha cunhadinha querida,

Saúde!

Meus parabéns, sua escritora de mão-cheia.

Fiquei com a impressão que era eu quem estava viajando por Berlim, Dresden, Praga, São Petersburgo e Moscou.

Os detalhes do seu relato me fascinaram, pois cada pormenor era muito rico.

Gostei de saber que os russos só sabem russo. Aliás nem sei se gostei, com a globalização do mundo.

De qualquer forma, muito interessante esse fato, como também a beleza das moscovitas com seus sapatos com saltos muito altos.

Gostei de alguns assuntos históricos, como as "noites brancas", indicadas por Dostoievski. Lembrança muito cultural. Até parecia o "professor de Deus" falando.

Sinceramente, seu relato é para ser lido e relido, antes de qualquer viagem à Rússia.

Peço-lhe permissão para colocá-lo como link no nosso sítio www.tia.zu.nom.br.

Mais uma vez, meus parabens.

Beijos.

Máriton

Direitos reservados: os textos podem ser reproduzidos, desde que citados o autor e a obra. ( Código Penal, art. 184 ; Lei 9610/98, art. 5º, VII e Norma Técnica NBR 6023, da ABNT ).