Latim e Direito Constitucional

Alderico,
Saúde!

a) Para falar a verdade o que mais me encantou foram as estradas de ferro (Eisenbahn) construídas antes de segunda guerra mundial. Toda a Alemanha é dividida em ferrovias maravilhosas, com trens saindo e chegando no horário. Tenho certa raiva do Juscelino, que não levou isso a sério, preferindo trazer para o Brasil os fabricantes de automóveis. Uma pena. De trem as pessoas  viajam para qualquer parte da Europa.

b) Outra coisa que me encantou foram as estradas de rodagem (Autobahn), projetadas por Hitler. Estradas de rodagem com várias pistas que cortam toda a Alemanha;

c) Isso sem falar nos bondes (Strassenbahn) que cortam a cidade e que dispensam o carro. O primo Gaspar, filho do Kleber, apesar de ser médico de uma conceituada instituição particular de medicina, não tem carro e sim uma bicicleta.Tomamos um café com ele no centro de Heidelberg, e ele nos disse que não precisa de carro para o seu dia a dia.  

d) O meu e-mail abaixo é uma síntese de tudo o que vi: falta aos alemães a nossa espontaneidade.

e) De modo geral são muito disciplinados, que chega até a irritar. Por outro lado são de uma delicadeza que tira qualquer um do sério. Depende da história e do passado daquela pessoa.

Exemplo: A Juliana e o Thomas casaram no dia 20/08, sendo Susana sua testemunha. Na sexta-feria à noite, viajaram de trem para Paris e voltaram na segunda. Como a Juliana já estava trabalhando no aeroporto de Frankfurt, ela teve que vir a São Paulo, no dia 28/08, para um treinamento nos dias 30 e 31 

Pois bem, o Thomas, homem da internet, comprou passagem para ela ir de trem (Eisenbahn) de Heidelberg para Frankfurt, a fim de pegar o voo. Com o entusiasmo do casamento, ele comprou a passagem para Juliana Maria Fernandes Lima Rothe. Todos nós quatro (Juliana, Neuza, a sogra, Dione e eu) sabíamos que os documentos da Ju ainda estavam como solteira (Juliana Maria Fernandes Lima). Nâo deu outra. Ao chegarmos à compra de passagens (Reisezentrum) para informações, a mulher foi categórica que se tratava de duas pessoas diferentes e que ela não poderia viajar.

Foi aí que a espontaneidade do latino falou mais alto. Resolvemos levar o problema diretamente para o fiscal do trem (Schaffner). O pior que poderia acontecer seria ela pegar uma multa. Para nossa surpresa, ao saber do grande problema, ele deu parabéns à Juliana pelo casamento e a deixou viajar com o nome de solteira. 

Incrível, não é?
Abraços.
Máriton

-----------------------------------------------------

f)
From: Máriton Silva Lima
To: Carlos Davis
Sent: Sunday, September 05, 2010 9:14 AM
Subject: o islamismo chegando

Amigo Carlos Davis,
Saúde!

Falei a você que vi as igrejas protestantes e católicas vazias em algumas cidades alemães que conheci, como Frankfurt, Mannheim e Heidelberg.

O que me impressionou foi rever uma cena típica de Dubai, onde as mulheres muçulmanas andam pelas ruas totalmente cobertas.

Isso significa o seguinte: nós cristãos abandonamos a mensagem bíblica, razão de as igrejas estarem desertas, enquanto o islamismo cresce a olhos vistos.

Aquelas mulheres não são terroristas. Elas creem no ensinamento do Alcorão e vivem de acordo com ele.

Para seus comentários seguem anexados alguns estudos meus sobre o islã.

Abraços.
Máriton

Direitos reservados: os textos podem ser reproduzidos, desde que citados o autor e a obra. ( Código Penal, art. 184 ; Lei 9610/98, art. 5º, VII e Norma Técnica NBR 6023, da ABNT ).